Os xantelasmas são pequenos depósitos de gordura sob a superfície da pele. São indolores e normalmente aparecem na pele das pálpebras, próximo ao nariz, nas articulações, tendões, joelhos, mãos e pés. Estes distúrbios cutâneos são mais comuns entre adultos mais idosos e pessoas que tenham um nível elevado de lipídios no sangue, isto é, gordura.

  • pele-com-Xantelasma
    Pele com Xantelasma Um alerta sobre o excesso de gordura. O incômodo maior é relacionado à estética.
  • Pele com Xantelasma Controlar os níveis de colesterol e de triglicérides, ajudam a reduzir as chances de aparecer xantelasmas.

E, se torna um importante indicativo dos níveis elevados de colesterol e triglicérides. Além de ser um alerta sobre o excesso de gordura, não existem maiores implicações no aparecimento de xantelasma, o incômodo maior é relacionado à estética. As lesões amareladas não desaparecem com a redução dos níveis de colesterol. Sendo necessária a realização de procedimentos médicos.

Quais são os sintomas do Xantelasma?

As lesões cutâneas decorrentes de depósito de lipídeos na pele aparecem com uma cor amarelas e bordas bem definidas. Estes depósitos processam-se no interior de histiócitos que adquirem aspecto espumoso.

Todas as pessoas que tem Xantelasma possuem colesterol alto?

Os depósitos de gordura podem ser acometidos por um distúrbio local ou indicar como esta o metabolismo lipídico. O reconhecimento deste sinal cutâneo permite o tratamento precoce do que pode ser uma doença sistêmica grave subjacente. Os xantomas que ocorrem em pessoas com colesterol normal podem aparecer em locais onde aconteceu previamente um trauma, como inflamação ou infecção cutânea.

Como é realizado o diagnóstico de Xantelasma?

É necessário procurar um dermatologista que poderá indicar corretamente o diagnóstico por meio de uma biópsia. A pesquisa das anormalidades lipídicas também é indicada para avaliação.

Como é o feito o tratamento da Xantelasma?

A remoção das lesões pode ser realizada com aplicação de substâncias cáusticas, para a cauterização química, tratamento a laser, ou retirada cirúrgica com fechamento por sutura (pontos). A escolha do método será de acordo com a cor da pele, o tempo de existência e a localização da lesão.

Como posso prevenir o aparecimento da Xantelasma?

É importante controlar os níveis de colesterol e de triglicérides, que podem reduzir as chances de desenvolvimento de xantelasmas. Ainda possui dúvidas sobre as lesões na pele? Então, entre em contato conosco, e agende uma visita para esclarecermos as suas dúvidas.