A miliária ocorre devido à obstrução e ruptura do ducto das glândulas sudoríparas. É comum em qualquer parte do mundo, principalmente em países de clima quente e úmido, acometendo preferencialmente o grupo etário infantil.

  • pele-com-Miliaria
    Pele com Miliária
    A pele com Miliária fica áspera, com pequenas “bolinhas” que podem ser avermelhadas ou da cor da pele.
  • Pele com Miliária
    O diagnóstico pode ser confirmado pelo dermatologista, sem a necessidade de qualquer tipo de exame.

 Por que acomete mais as crianças?

Acredita-se que nas crianças os ductos sudoríparos são imaturos, assim nos adultos os ductos podem até obstruir, porem não rompem com tanta facilidade.

Existem diferentes tipos de miliária?

Sim, dependendo da localização da obstrução do ducto da glândula sudorípara, se mais superficial ou profunda, as lesões serão diferentes clinicamente.

Como se faz o diagnóstico?

O diagnóstico é clínico. Porém se for realizada uma biopsia, o exame anatomopatológico evidenciara a obstrução de ductos sudoríparos, além de um processo inflamatório ao redor do ducto, dependendo do tipo de miliária.

Qual o tratamento?

A principal medida a ser tomada é a retirada do fator causal. Ou seja, procurar ambientes com melhor ventilação, o uso de roupas leves e com tecido de algodão. Compressas locais frias com água boricada 3% podem ajudar.
Sempre procurar o médico dermatologista se estas medidas não funcionarem. Por causa dos diferenciais como alergias e outras doenças da pele.